Música: Pinpoint – Hayfitz

blog-senhorita-deise-pinpoint
Brandon Hafetz – fonte hayfitz.com

“Você já conheceu alguém e soube imediatamente que essa pessoa teria um papel profundo em sua vida? Mesmo que depois de alguns minutos, horas, dias, você nunca mais os veria? (…) Pinpoint, narra uma reação a sentimentos viscerais desencadeados por breves e desarmantes momentos no tempo. Você nunca sabe quando alguém pode ‘aparecer do que parece ser um nada’ e de repente se tornar o centro do seu universo. Não se esquivar dessa potencialidade, pode desbloquear um conjunto de experiências realmente bonitas, mas emocionalmente perigoso.” – Conceito da composição retirado do site oficial.

É gente, essa é a descrição dada da música que eu venho apresentar à vocês hoje! Hayfitz é o apelido do multi-instrumentista americano, Brandon Hafetz, que felizmente conheci de maneira aleatória em uma playlist do Spotify e me apaixonei no momento em que a escutei.

“Pinpoint” é a primeira de uma coleção futura de músicas gravadas e compostas por ele por dezoito dias em uma casa em Seattle, cercada por vistas bucólicas e de montanhas. O cenário, segundo o próprio cantor, trouxe o espaço emocional para entregar as canções com determinação, trazendo detalhes intencionais — você consegue ouvir toda suavidade, tranquilidade e amor transmitidas em melodia e letra, ou seja, meta conquistada com sucesso!

Espero que vocês gostem o tanto quanto eu. Hoje, deixarei para vocês letra, vídeo e tradução! Me contem o que acharam ❤

Pinpoint

You popped right into my life like you’ve always been here
And darling I simply was not at all prepared
You popped right into my life like you’ve always been here
I didn’t know it but you were my greatest fear

But I don’t even know your name
Just that face
I don’t even know your name
Just that face

Finding myself in a maze
Lost in the clues I’ve created
Puzzling my mind with these games
But I don’t even know your name
Just that face

There’s somethin’ about you that I just can’t quite pinpoint
A look in your eyes I swear that seen before
Darling you must be starting to really get to me
Cause there’s somethin’ about you that I just can’t ignore

But I don’t even know your name
Just that face
I don’t even know your name
Just that face

Oh call it premature, maybe
Call it premature, baby
You can call it premature, baby
But I just can’t help it

Call it premature, maybe
Call it premature, baby
You can call it premature, baby
But I just can’t help it

Oh that face
Just that face
Oh that face
Just that face

Identificar

Você apareceu na minha vida como se estivesse sempre aqui
E, caramba, eu simplesmente não estava preparado
Você apareceu na minha vida como se estivesse sempre aqui
Eu não sabia disso, mas você era meu maior medo

Mas eu não nem sei seu nome
Apenas aquele rosto
Eu nem sei seu nome
Apenas esse rosto

Me encontrando em um labirinto
Perdido nas pistas que eu criei
Confundindo minha mente com esses jogos
Mas eu nem sei seu nome
Apenas esse rosto

Há algo em você que eu não consigo identificar
Um olhar em seus olhos, eu juro, que já vi antes
Querida, você deve estar começando a realmente me atingir
Porque há algo em você que eu simplesmente não consigo ignorar

Mas eu nem sei o seu nome
Apenas aquele rosto
Eu nem sei o seu nome
Apenas esse rosto

Chame isso de prematuro, talvez
Chame isso de prematuro, querida
Chame isso de prematuro, talvez
Mas eu simplesmente não posso evitar

Chame prematuro, talvez
Chame prematuro, querida
Chame prematuro, talvez
Mas eu não posso evitar

Apenas aquele rosto
Oh aquele rosto
Apenas aquele rosto
Oh aquele rosto

Um beijo da Deise, até a próxima

margarida desenho-Transp

Música: White Noise & Moonday — flor

blog-senhorita-deise-flor

Conheci essa banda incrível numa playlist aleatória do Spotify no final do ano passado, e desde então, me apaixonei pelo som deles. Eles começaram em Oregon, nos Estados Unidos em 2014, porém, o primeiro álbum de estúdio “come out. you’re hiding” em selo oficial, só veio em 2017 após EPs e singles lançados, chamando a atenção da grande gravadora de músicos independentes, a Fueled By Ramen.

flor, como eles se chamam, mistura rock alternativo com sintetizadores, um dream pop lindíssimo, com ritmo melódicos e encantadores, sem falar das letras poéticas com várias metáforas.

Hoje eu tenho aqui para vocês, duas canções do segundo álbum deles lançado em 6 de setembro de 2019 – o Ley LinesVou mostrar as que mais cativaram o meu coração e que por coincidência, uma abre (White Noise) enquanto a outra (Moonday) encerra o projeto. Confira!

White Noise:

(…)
Honest, I
Never thought you’d find me where I hide
I’m such a lonely host
Keep you in view
Let you close, then I’ll choke
Is there a simple hope to keep?

My love
A sharp knife
A cold night
A young fit in a wildfire
A silence surrounded in white noise
Your love beat against my own leaves
A new flame for molding
A cleansing, refining…

Moonday:

(…)

Somewhere deep within I knew
I would always look to you

Well if I’ve learned, if I’ve learned from anything
Let it be, let it be that love is free
Love can’t live, live within somebody’s bounds
Never let, never let another person tell you how

Why are you crying?
You rule the moonday
Why are you sleeping?
There’s so much more to do…

Espero que vocês tenham gostado! Os trechos em destaque, são as estrofes que eu mais amo nas canções. Ambas encontram-se na minha playlist no Spotify (senhoritadeise), e nos destaques do meu Instagram, @senhoritadeise.

Um beijo, até a próxima.

margarida-assinatura

Música: Cut My Lip – Twenty One Pilots

21-pilots-2-1220x823-NME
Lhes apresento os mais novos integrantes do maravilhoso hall de favoritos da Deise: Joshua Dun e Tyler Joseph – a dupla de Ohio, Estados Unidos, ||-// twenty øne piløts. Foto: NME.com

Foi da maneira mais aleatória possível.

Em julho, num sábado à tarde em casa, estava eu ouvindo canções no meu aplicativo de streaming, como habitualmente faço, quando decidi entrar na lista de novidades… fui dando play, e seguindo para a próxima — nada que valesse a pena salvar ou escutar novamente, até que me deparei com o último lançamento: “Cut My Lip” do duo Twenty One Pilots, dividido com o público no dia 11.

Sim, já havia escutado alguns singles deles, “Ride” até o momento, era a única que havia tocado o meu coração em grandes proporções, mas aí tudo mudou com CML. Amor instantâneo. O peso da batida me conquistou, a voz nos moldes tecnológicos me atraiu, e a letra foi uma identificação direta, principalmente em um momento da minha vida em que as coisas não estavam nada fáceis.

Então, dizer que “mesmo estando machucado e com a face cheia de contusões, continuarei me movendo” era exatamente o que eu precisava. Essa ideia de persistência apesar dos obstáculos, de continuar avançando apesar de ser agredido (seja por circunstâncias naturais da vida, ou pelo que quer que seja) é altamente inspirador.

Twenty_One_Pilots_Pub_1_2018_Brad_Heaton_rolling_stone_
Foto promocional de “Trench”, 5º álbum de estúdio da banda – por Brad Heaton

Cut My Lip é sobre de uma certa forma não desistir da esperança. O caminho para a glória e redenção é marcado também por dores e autonegação. Por tentativas, quedas e levantes. É sobre continuar tentando, sobre confiar na sua “alcateia” (naquelas pessoas que estarão sempre perto, os leais) —  ser um leão, símbolo de bravura e confiança. Cut My Lip também ilustra sobre como podemos ser ao mesmo tempo autodestrutivos, como podemos nos consumir em nossos próprios sentimentos e pensamentos, voltando a lugares que não deveríamos, mesmo sabendo que somos a nós mesmos quem abusamos.

A canção também possui algumas referencias bíblicas, como a passagem de Jesus pelo jardim do Getsêmani.

É forte, metafórica, melancólica e ao mesmo tempo dançante. Uma mistura de reggae com rock alternativo. Era o que eu necessitava naquele momento. Minha música de todos os dias, para todos os momentos. Claro, desencadeou a minha apreciação também, pelo álbum inteiro Trench, lançado em 2018 e que definitivamente recomendo e preciso falar dele um dia para vocês…! Todas as faixas acabaram me cativando e me guiando para outros trabalhos da banda.

Enfim, da versão ao vivo, fui para a versão de estúdio, pra versão acústica… o meu amor só cresceu! Queria compartilhar aqui no blog a importância dela pra mim, até para poder registrar a possível mais tocada de 2019 —  bah, acreditem quando eu digo que julho foi quase todo deles haha.

 

Cut My Lip

I’ll keep on tryin’, might as well
If you decide all is well
I’ll keep on tryin’, might as well (Might as well)
If you decide all is well (All is well)

Though I am bruised, face of contusions
Know I’ll keep movin’
Though I am bruised, face of contusions
Know I’ll keep movin’, know I’ll keep movin’

Rust around the rim, drink it anyway
I cut my lip
Isn’t what I want, blood is on my tongue
I cut my lip

I keep on goin’ back
Even though it’s me I abuse
I’ll keep on goin’ back
Even…

Though I am bruised, face of contusions
Know I’ll keep movin’
Though I am bruised, face of contusions
Know I’ll keep movin’, know I’ll keep movin’

Rust around the rim, drink it anyway
I cut my lip
Isn’t what I want, blood is on my tongue
I cut my lip, oh oh, yeah
I cut my lip, oh oh, yeah

I don’t mind at all, lean on my pride
Lean on my pride, I’m a lion
I don’t mind at all, lean on my pride
Lean on my pride, I’m a lion
I don’t mind at all, lean on my pride
Lean on my pride, I’m a lion
I don’t mind at all, lean on my pride
Lean on my pride, I’m a lion

Though I am bruised, face of contusions
Know I’ll keep movin’, know I’ll keep movin’

Rust around the rim, drink it anyway
I cut my lip
Isn’t what I want, blood is on my tongue
I cut my lip
I cut my lip

I don’t mind at all, lean on my pride
Lean on my pride, I’m a lion
I don’t mind at all, lean on my pride
Lean on my pride, I’m a lion.

Espero que vocês tenham gostado! Com o tempo vou produzir mais resenhas musicais e, para quem gosta de conhecer coisa nova, explorar playlists, ou quer adicionar aquela canção top diferentona, basta me seguir no Instagram e vasculhar meus destaques, além de visualizar os stories e seguir meu perfil no Spotify —  tem muuuuuuuuita coisa incrível.

Um super beijo da Deise!

margarida desenho-Transp

Top Songs 2018: MEU ANO NA MÚSICA

Estava esperando ansiosamente por isso!

(🇺🇸) I’ve been looking forward to it!

Saiu na semana passada, a campanha 2018 Wrapped do Spotify! O serviço de stream prepara uma lista toda especial para os seus usuários, com dados importantes e curiosidades sobre suas músicas mais tocadas, artistas, playlists, gêneros musicais e muito mais!

(🇺🇸) Last week, Spotify released the 2018 Wrapped campaign! The streaming service prepares a very special list for their users, with important data and curiosities about their most played songs, artists, playlists, musical genres and more!

Ano passado, dividi aqui com vocês, e em 2018 não poderia ser diferente!

(🇺🇸) Last year, I shared here with you all, my top 100, and in 2018 it could not be any different!

blog-senhorita-deise-spotify-2018-wrapped

Esse ano, resolvi revisitar muitas das minhas canções favoritas, por isso nesse top 100, vocês não encontraram muitas novidades como da outra vez, porque, quem me acompanhou sabe que de três em três meses, eu selecionava 30 novidades do mundo da música e as agregava em uma playlist trimestral.

(🇺🇸) This year, I decided to revisit many of my past favorite songs, so in this top 100, you won’t find many ‘new things’ like the other time, because whoever accompanied my last year’s post, knows that every three months, I selected 30 newness from the world of music and added in a quarterly playlist.

Em 2018, eu me dediquei mais ao meu primeiro estilo favorito: o rock! Rock cristão, punk-rock, rock-rap, nu-metal… teve bastante Limp Bizkit, Linkin Park, Nightwish, Coldplay, Green Day, Hillsong United, Switchfoot, Building 429 e muito mais!

(🇺🇸) In 2018, I focused more on my first favorite genre: rock! Christian rock, punk-rock, rock-rap, nu-metal… you’re gonna find a lot of Limp Bizkit, Linkin Park, Nightwish, Coldplay, Green Day, Hillsong United, Switchfoot, Building 429 songs, and more!

O topo da lista surpreendeu! Liberdade, da Priscilla Alcântara me encantou de um jeito que grudou no repeat haha, e não saiu mais! Fiz uma crítica sobre a canção aqui no blog, que você pode ler clicando aqui.

(🇺🇸) The top of the list surprised! Liberdade, from Priscilla Alcântara enchanted me in a way that it was stuck on repeat haha, and it did not leave! She’s a brazilian gospel singer and songwriter, that I’m sure you would love if you give her a chance!

MySpotifyWrapped2018

Fiquei impressionada com a quantidade de músicas que eu escutei esse ano no aplicativo: 4.009, em 31.537 minutos! 47% a mais que o ano passado! O artista que ficou com o posto de mais escutado, foi o meu favorito Chris Brown, e como o próprio Spotify disse, isso é muito bom (nossa, eu amei isso)! Linkin Park e Switchfoot permaneceram firmes na lista, isso foi incrível porque demonstra consistência, sendo que só a banda gospel que baixou algumas posições.

(🇺🇸) I was impressed by the amount of music I heard this year in the app: 4,009 in 31,537 minutes! 47% more than last year! The artist who got the most listened place, was my favorite artist Chris Brown, and as Spotify itself said, this is very good (Wow, I loved that)! Linkin Park and Switchfoot remained on the list, and this was amazing, very consistent.

Meus gêneros favoritos foram: Rock, pop, hip-hop e cristã, o que possibilitou uma diversidade maravilhosa na playlist. Foi muito gostoso escutar uma por uma, sem pular nem alterar a ordem e lembrar de cada fase da vida, de cada novo acontecimento que me marcou.

(🇺🇸) My favorite genres were: Rock, Pop, Hip-Hop and Christian music, which made a wonderful diversity in the playlist. It was very nice to listen one by one, without skipping or changing the order of the tracks and remembering each phase of my life, every new event that marked me… amazing how music means a lot to me.

Meu 2018 Wrapped do Spotify, já está disponível para quem me segue na plataforma, e para quem quiser conhecer mais do que me inspirou este ano! Clique aqui, para ouvir e se emocionar!

(🇺🇸) My 2018 Wrapped from Spotify is already available to anyone who follows me on the platform, and for anyone who wants to know more of what inspired me this year! Click here to listen and get excited!

Quer saber como foi o seu ano na música? Acesse esse site: spotify.com/2018

Spotify, muito obrigadaaaaa!

Agradeço também a sua visita ❤

(🇺🇸) Thank you Spotify!

And thank you for being here 🙂

margarida desenho-Transp

Top Songs 2017: MEU ANO NA MÚSICA

Spotify montou uma playlist especial com as 100 músicas mais tocadas no ano por cada um de seus assinantes, e eu recebi a minha lista, acessando o site 2017wrapped.com — eles também fornecem informações interessantes que logo abaixo, também vou mostrar para todos vocês!

Every year, Spotify shares with their subscribers, a special playlist, with our most played songs, 100 to be more specific! And I am so proud of my list 🙂 every song is important to me! I went to 2017wrapped.com and they gave me informations that I’m gonna share right now with you all ❤

blog-senhorita-deise-spotify-2017-wrapped1
Layout do player via web, e as cinco músicas mais reproduzidas este ano!
blog-senhorita-deise-spotify-2017-wrapped
LINKIN PARK um dos meus artistas mais escutados em 2017
spotify-2017-wrapped
LINKIN PARK one of my favorite artists

21.379 minutos de música de 1.800 diferentes músicas e 530 diferentes artistas de 34 gêneros! Não há nenhuma dúvida de que eu AMO MÚSICA certo? Quero fazer um agradecimento ao Spotify por dividir esses dados com a gente, estou completamente satisfeita com o serviço. Vou colocar aqui pra vocês a lista que eles fizeram com o meu Top 100, e as listas que fiz chamadas de “The Best So Far”, a cada trimestre de 2017, dos meus lançamentos favoritos 🙂

21,379 minutes of music from 1,800 different songs and 530 different artists from 34 genres. There’s no doubt, I LOVE MUSIC! I wanna thank Spotify for sharing this with us, I’m completely satisfied with the streaming service, in my opinion, this is the best streaming app for music. I had a great time listening to that playlist. I’m also gonna share three playlists named “The Best So Far”: 30 songs in every quarter of the year 🙂

blog-senhorita-deise-spotify-2017-wrapped (2)

spotify-2017-wrapped (3)

Muito orgulhosa dos meus top artistas 2017, são todos favoritos meus – olha só meu favorito Chris Brown no topo da lista! Sobre o meu top 5, eu lembro do papel de cada uma na minha vida: cada fase, cada sentimento, os bons e os maus momentos… é incrível, realmente impressionante como a música marca, como a música ajuda, como ela carrega nossa personalidade 🙂 todas são lindas e super amadas por mim!

I’m also very proud of my top artists 2017, they are all my favorites – aww look at my fave Chris Brown being #1! About my top 5, I remember the moment of each song in my life, every phase, every feeling, hard and good times… it’s really amazing, really impressive how a song can help you go through something, how it carries our personality 🙂 every song are beautiful and super loved by me!

MY TOP 100:

blog-senhorita-deise-spotify-2017-wrapped-top-100

Clique aqui para ouvir | Click here

THE BEST SO FAR I:

blog-senhorita-deise-the-best-so-far-1

Clique aqui para ouvir | Click here

THE BEST SO FAR II:

blog-senhorita-deise-the-best-so-far-2

Clique aqui para ouvir | Click here

THE BEST SO FAR III:

blog-senhorita-deise-the-best-so-far-3

Clique aqui para ouvir | Click here

THE BEST SO FAR IV:

blog-senhorita-deise-the-best-so-far-4

Clique aqui para ouvir | Click here

Então, vocês já sabem, quem possuir uma conta na plataforma Spotify, corre para esse site e vá conferir suas estatísticas também! Divide comigo seu top artistas, seu top 5, gênero mais escutado e por aí vai! Beijos, eu sinceramente amei o meu 2017 na música!

So, you already know, anyone who owns an account on Spotify, check out this website 2017wrapped.com, and share your statistics too! Share with me, your top artists, your top 5, most listened genre and so on! I sincerely loved my 2017 in music!

Valeu Spotify 🙂

Thank you Spotify ❤

6053b61a345645df58ac47a5db1dc64b

 

Música: Álbum “Iris To Iris” Building 429

blog-senhorita-deise-iris-to-iris
Capa do álbum: olhar nos olhos de Deus, sobre esperar o momento em que nos encontraremos com Ele!

Sem dúvidas esse é um dos meus álbuns favoritos no gênero gospel – ouço sempre! Eu tive a oportunidade de conhecer a Building 429, através de um amigo, quando estava cursando o último ano do ensino médio (cinco anos atrás). Tive o grande prazer de ouvir em sua integridade esse trabalho lindo que eu apresento hoje à vocês, o “Iris To Iris”, quinto álbum de estúdio da banda, que completou uma década no dia 1 de maio.

Only by the power of Your name
Will I live, will I live. The heavens and the earth will pass away
But only love, yes, Your love, only love will remain – Power Of Your Name

Como eu já contei para vocês, sou fã de todo tipo de música. São vários os estilos que me encantam, e naquela época, eu estava iniciando o meu conhecimento no quesito “canções cristãs internacionais” – sim, porque eu só ouvia as nacionais mais tradicionais mesmo. Meus amigos sabiam de muitas bandas que atuam nessa área, por isso eles me ajudaram a aumentar meu acervo musical e, é impossível não lembrar deles quando revisito as minhas playlists – obrigada amigos!

You’ve spoken softly through the storm
I’ve heard Your voice and I’ve felt the calm
I stand only because You’ve given me faith to walk
Only because
You carried me
[…]
You carried me through it all
[…]
Yes I believe
You’ll carry me all the way home – You Carried Me

O nome da banda já diz tudo, “Construíndo o 4:29” – uma referência direta ao livro de Efésios, e a um versículo que diz o seguinte:

Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem.

Uma das minhas letras favoritas, diz o seguinte: “Perfeitamente ordenado e formado com amor/Meu coração foi projetado para o seu toque/Então eu O seguirei, eu O seguirei/O deslumbrante é a revelação da Sua glória/A esperança que vive profundamente dentro de mim/E eu sei que Você me capturou/Você me pegou, sim, Você me pegou

Quando todo o resto está mudando, Tu és constante
Levando meus olhos para ver muito além desta miséria” – lindo né? Essa é a Constant.

É para quem gosta de rock cristão!

“Iris To Iris” é um álbum lindo e bem diverso. Tem canções que tocam o coração, canções com guitarras mais eletrizantes e bem energéticas, letras edificantes. Vocais muito bem colocados (Jason Roy you are amazing), e claro, um louvor que está a um passo a frente de tudo que você já ouviu! É diferente, vale a pena 🙂

Lord You came, and breathed anew
A gift of life that will not cease
I am that You might be glorified
And I open my eyes to see
I’m asking You Lord reveal to me

Your majesty is captivating all of me
I stand before the one who makes my heart adore
Your majesty beyond what mortal souls could dream
We stand amazed breathless as we’ve come to face
Your majesty – Majesty

Minhas favoritas são: Power Of Your Name, Incredible, You Carried Me, Constant, Majesty, Waiting To ShineAmazed e Singing Over Me. O álbum é composto por 11 faixas bem sólidas e super bem produzidas. Confira a seguir, o stream do álbum no Spotify, e a tracklist:

Clique aqui e você será redirecionado à página do Spotify que contém o álbum!

Tracklist:

1. Power of Your Name
2. Majesty
3. Singing Over Me
4. You Carried Me
5. Amazed
6. Incredible
7. Waiting to Shine
8. Taken
9. New Season
10. Constant
11. Grace That Is Greater

Espero que vocês tenham gostado! Deem o play e me contem o que acharam! “Iris To Iris” está disponível em todas as plataformas digitais! Beijos meus queridos, não se esqueçam de dividir essa postagem com quem você ama, com quem você sabe que irá curtir também!

Father my redeemer
You are holy
You are merciful
Jesus you’re my healer
You’re my savior forever
Forever – Incredible

margarida desenho-Transp