Estamos em Obras!

oIpwxeeSPy1cnwYpqJ1w_Dufer-Collateral-test

O sofrimento, quando superado, produz bons frutos. Você só muda quando os desafios aparecem.

Pois é, nós não mudamos do nada. As mudanças não ocorrem quando absolutamente TUDO está favorável. Não mudamos estando parados, até porque a vida não nos permite isso. Às vezes você está passando por uma tempestade turbulenta e se pergunta: “por que isso está acontecendo justo comigo? Por que justo agora? O que eu fiz de errado? O que fiz para merecer tal coisa?”

Você não precisa ter feito algo errado para estar passando pelo que você está passando.

As lutas nos transformam. “O sofrimento quando superado produz bons frutos”, porque quando você luta contra essa dor e a vence, você se torna mais forte, mais preparado para situações futuras. Tentações não servem para que você caia. Tribulações não servem para que você se assuste (se entristeça, fuja, se desencoraje, sinta medo).

Os problemas podem até ter essa intenção, mas eles não servem para isso. Esses percalços servem apenas para provar a sua fé. Servem para contribuir no seu amadurecimento, para trazer mudanças positivas.

Quando foi a última vez que você olhou para dentro de si?

Estamos tão ocupados com a correria do cotidiano. São milhares de informações, milhares de afazeres, pessoas que cruzam nosso caminho… perdemos tempo demais olhando para coisas que não são nossas. Situações como essas descritas acima, nos fazem olhar para dentro. Olhar para a nossa consciência, nosso estado de espírito, saber o que o nosso coração está sentindo.

Você passa a se conhecer melhor. Passa a saber o que merece, reconhece que está na hora de parar de fazer o que é errado, o que faz mal, que precisa pedir perdão (até mesmo se perdoar).

Você pode vencer aquilo que te vem te vencendo. Você pode dar um drible naquilo que costuma te derrubar, você pode servir de exemplo para outras pessoas que te viram mal. Você pode sair dessa mais forte, mais apto, mais corajoso.

Eu sou uma obra em construção.

Eu ainda não sei tudo, nem apliquei tudo que já aprendi, mas estou no caminho. Estou lutando contra os agentes que se opõem a isso. Uma obra se constitui em muitas etapas, sequências que não podem ser puladas, que não podem ser ignoradas. Lembre-se de que isso é só uma fase para que você tenha uma base firme, para que suas paredes se levantem, para que você deixe de ser um mero rascunho para tornar-se uma grande edificação (em todo sentido da palavra), para que você tenha estrutura!

Agora faça uma analogia: os problemas, as lutas, as tribulações, as provações, provocações acontecem para te moldar, para te fortalecer, para provar e aprovar sua fé. Não desista, não esqueça do seu propósito, não deixe seu sonho morrer. Não se entregue, não se renda, não pense que não há mais jeito.

Que este ano ainda seja um ano de muitas vitórias e realizações em nossas vidas! Um beijo para todos vocês que leram essa postagem, e espero que ela tenha ido ao encontro da sua necessidade e falado ao seu coração. Que essas palavras alcancem a quem precisa, que elas falem além do que pude, e que inspirem bons frutos! Espero ter conseguido expressar bem a ideia, até a próxima meus queridos, não se esqueçam de compartilhar!

Ouça o recado que Deus tem para você!

“A afronta acontece porque o que está prometido está prestes a se cumprir.”

“O que Eu tenho é bem maior..”

Amanda Wanessa – Eu Cuido de Ti

margarida desenho-Transp

Deixe Ir

cu_xo5_waaaf40j
Foto tirada por mim (@senhoritadeise), no playground do meu prédio. Ah, a primavera! Nos proporciona tantas coisas lindas né? Amo!

“Nosso sofrimento é causado por insistirmos em nos apegar a ideia do que deveria ter sido, ou do que poderia ter sido. Apenas deixe ir, e comece a criar novas experiências.” – Idil Ahmed

Sabe, hoje eu vou contar para vocês, uma pequena experiência pessoal. Por muito tempo da minha vida, esse tipo de sentimento, me pressionava, ocupava a minha mente por horas, dias, semanas e até meses. Sim, isso que eu chamo de “aferrar-se a coisas que deveriam ter acontecido” – uma maneira de autopunição por me sentir impotente, que me impedia de ser útil e de viver minha vida corretamente.

Isso pode ser ligado à uma oportunidade perdida, uma amizade que se esfriou, uma palavra que você queria (ou não) ter dito, um acontecimento do passado que não poderá mais se repetir, “ah se eu tivesse feito aquilo”, “ah como seria se”, viver cheia de “talvez”, enfim, remorsos – que te trazem aflições, tristezas em estado de longo prazo.

A vida tem os seus ciclos. Tudo tem o seu tempo determinado, tudo pode mudar a qualquer momento. Não adianta ficar apegado seja ao que for. Nem todas as “amizades” pertencem ao seu meio de convivência, nem todas as pessoas que “passaram por você”, ficarão. Lembranças não devem ser um estado de eterna nostalgia, cada fase deve ser vivida de acordo, e essa é a verdadeira beleza da jornada.

Decepções existem, e sempre existirão. Isso acontece porque não somos perfeitos, e erros serão cometidos de formas diferentes até que aprendamos o correto, expectativas não serão atendidas, e por aí vai. Com certeza em algum ponto da sua vida, você passou por essa experiência.

Eu gosto bastante do texto que mostrarei para vocês logo abaixo, e que eu acredito que expressa muito bem o que eu quis dizer aqui. Alguém publicou uma vez no Facebook, mas eu não me lembro quem foi, e não sei quem é o autor – se algum leitor, souber a fonte, entre em contato comigo e eu darei os devidos créditos. Leia e reflita:

“É preciso saber sempre quando se acaba uma etapa da vida. Se insistirmos em permanecer nela, depois do tempo necessário, perderemos a alegria e o sentido do resto. Fechando círculos, fechando portas ou fechando capítulos, como queira chamar, o importante é poder fechá-los, deixar ir momentos da sua vida que se vão enclausurando.

Terminou seu trabalho? Acabou a relação? Já não mora mais nessa casa? Deve viajar? A amizade acabou? Você pode passar muito tempo do seu presente dando voltas ao passado, tentando modificá-lo. O desgaste será infinito, porque na vida, VOCÊ, todos estão destinados a fechar capítulos, virar páginas, terminar etapas ou momentos da vida e seguir adiante. E você vai ficar parado aí no tempo? A fila anda.”

Não deixe esse peso sobre os seus ombros. Não fique “se consumindo” com esses tipos de pensamentos, que só atrasam a nossa vida e nos enchem de culpa.

Creia em Deus, creia que coisas maiores e melhores virão para a sua vida. Aproveite o presente, seja vigilante, seja a melhor pessoa que você puder. Mude o que precisa ser mudado e não demore a perceber essa realidade, deixe ir o que tiver que deixar, e viva

Seu comentário é muito importante para mim! Conte sua experiência, me diga se você concorda, se discorda… fale comigo! Me diga o que achou do texto, da escrita, fale sobre o que quiser dentro do tema.

Você pode também usar a hashtag #BlogSenhoritaDeise nas redes sociais compartilhando links, sugestões, e dando sua opinião também! Meu e-mail está logo ali na sidebar ou se preferir, na aba “sobre” 🙂

Beijos meus queridos, e obrigada pela visita!

Leia também ✗ Lembre-se ✗ Mudança de Hábito.

@senhoritadeise  ♡ @blogsrtadeise

Olá Primavera!

tirado-por-senhoritadeise
Foto tirada por mim @senhoritadeise, queria que vocês pudessem ver o quão lindas essas flores são pessoalmente! Estão cuidando dessa árvore, e ela está florescendo!

Olá, como vocês estão? Sabe, eu estou animada com a chegada de um novo mês e admirando essa linda estação chamada Primavera. Que época linda né? Eu moro em São Paulo, e como vocês já devem ter ouvido falar, ou até mesmo vivido essa experiência, a cidade é muito “corrida”: o clima muda a todo momento, algumas pessoas insistem em se manter distantes, as lutas vêm, mas tudo bem! As flores começaram a aparecer e enfeitar cada vez mais os lugares cinzas, estão preenchendo os espaços e mais uma vez as flores estão provando que cada uma tem o seu papel e que a diferença pode ser feita através delas, através de quem reconhece seu próprio valor e importância.

Ontem, eu fiz um balanço do que foi o meu mês de setembro, eu tenho o hábito de ler a Bíblia antes de dormir, e sempre que faço isso, eu encontro consolo, abrigo, orientação, força. Honestamente eu me sinto muito bem, com certeza esse Livro Sagrado é uma fonte de palavras que alimentam a alma, e eu vou colocar aqui para vocês, os versículos que mais falaram comigo durante esses dias, e as minhas reflexões. Não considere isso como algo religioso – na verdade, não importa a sua crença, não é isso que está em discussão aqui. Leia de coração aberto ❤ e você irá perceber o que estou falando!

Eu estou me dedicando ao livro de Salmos e o que vem a seguir, pode ser encontrado no capítulo 34:

“Busquei o SENHOR, e Ele me acolheu; livrou-me de todos os meus temores.”

Orar com fé e sinceridade significa muito! Uma paz invade o seu peito assim que você acaba de falar com Deus, é incrível e infalível. Sabe, o que Deus mais quer, é te ter por perto, te ajudar, ser O primeiro na sua vida. Busque o SENHOR, crie esse hábito e faça isso diariamente. Conte suas alegrias, seus problemas, o que você quer que Ele cuide, do que você quer que Ele te livre, fale sobre quem você ama, o que você espera, o que você precisa. Fale!

Ele me acolheu; e livrou-me de todos os meus temores, o que ninguém entende, Deus entende. Sim, Ele já sabe tudo sobre você, mas Deus precisa te ouvir para te acolher, para te livrar daquilo que faz você ter medo. O que os métodos tradicionais não resolvem, Ele pode resolver! “[…] o SENHOR é bom; bem-aventurado o homem que nEle se refugia”.

“Aparta-te do mal e pratica o que é bom; procura a paz e empenha-te por alcançá-la.”

Existem aqueles dias que parece que tudo está dando errado. Aqueles dias em que as pessoas são grossas, que as pessoas parecem discordar de tudo, pessoas que te instigam, querem brigar. Palavras duras te deixam pra baixo, te fazem ter maus pensamentos/sentimentos, deixam o seu temperamento está mais esquentado.

Procure a paz e empenha-te por alcançá-la, tenha confiança de que tudo vai dar certo, dê sempre respostas brandas, semeie o que é bom. Não crie nem participe de brigas/discussões desnecessárias, procure viver em harmonia – se ninguém estiver disposto a isso, comece por você!

Seja você o início dessa corrente, o início de uma nova postura. Nem tudo merece a nossa resposta, nem tudo vale o estresse, o grito, o mal-estar. Aparta-te do mal, se você sabe que não é bom, afaste-se. Se já de longe você enxerga a aparência ruim, por que fazer? Por que participar? Refreie a língua. Para termos paz de fato, precisamos nos empenhar por isso, precisamos plantar para colher. Confesso que a luta a diária, nem sempre venço, mas é preciso dar o melhor, ter perseverança – levantar e não desistir. Quer longevidade para ver o bem? Faça isso.

“Muitas são as aflições do justo, mas o SENHOR de todas o livra.”

Isso mesmo, o mundo está cheio de aflições. Não podemos fugir disso, enquanto vivermos aqui, lutas virão, mas o que me dá esperança é saber que com Deus a vitória é certa não importa o que aconteça. Ele é a fortaleza, o que te impulsiona, o que te renova. “[…] os seus ouvidos estão abertos ao seu clamor” – essa aflição não vai durar para sempre, essa tempestade vai passar! Creia, o livramento chegará.

Agradeço a você que clicou nesse link! Desejo que você tenha um mês maravilhoso, e super florido! Um grande beijo e eu espero que você volte sempre! Siga esses passos, e me diga o que você conseguiu, me conte nos comentários se houve mudança. Conte suas experiências, enfim, fale comigo o que achar necessário – será um prazer responder 🙂

Se você acha que essa postagem pode ajudar alguém, ou se você simplesmente gostou do que leu, compartilhe! Mande para um amigo, para um familiar, para alguém que você considera 🙂 vamos espalhar amor, garanto que vale a pena.

@blogsrtadeise ♡ @senhoritadeise

Mudança de Hábito

“Às vezes você precisa desaprender certos hábitos, a fim de crescer. Mudar essa pele que já se tornou confortável para você, e deixar crescer uma nova.” – Billy Chapata 

Pois é, estamos tão acostumados a fazer as mesmas coisas. “Pousar” numa zona de conforto e ficar nela. Deixar tudo no “piloto automático”, tomar atitudes, cultivar costumes que não nos levam a nada, mas estão ali impregnados na gente – muitas vezes nos impedindo de sermos pessoas melhores, mais saudáveis, mais corajosas na vida.

photo-1445599570682-0a9ee69e1a1a

Mudança de hábito é necessária e gera crescimento:

Claro, acredito que todos sabemos que existem hábitos saudáveis. Atividades que se não colocarmos em prática, a nossa qualidade de vida simplesmente deixa de existir – e eu não falo apenas de exercícios, boa alimentação e coisas do tipo, mas também daquelas coisas que o nosso cérebro aciona e que são fundamentais.

O que realmente está em discussão aqui, são aqueles hábitos que resultam em coisas ruins.

Um dia desses, eu identifiquei em mim mesma, uma atitude recorrente que não me fazia nada bem, e me veio a ideia de escrever sobre isso – e também teve muito a ver, com a feliz oportunidade de ter lido essa frase que eu traduzi acima. Para crescermos na vida, é necessário sacrificar, abrir mão de atitudes que nos prejudicam! Mudar essa pele, significa mudar aquilo que já é tão confortável para nós, que acaba fazendo parte da gente.

Mudar costumes, modo de agir, de falar. Coisas que acreditávamos ser nossas, que acreditávamos ser de fato “a nossa pele”. Faz muito sentido né?

Como eu posso mudar isso?

O primeiro passo é a identificação. Assim que eu me vi em um momento difícil, eu identifiquei que estava passando por aquilo, exatamente por causa daquele hábito tão ruim. Depois de um tempo, entrei no meu quarto, peguei um caderno e comecei a escrever o que me incomodava, e que eu estava cansada de cair sempre na mesma armadilha.

O segundo passo é evitar cair nessa situação. Livre-se de tudo que você sabe que pode te levar a cometer a mesma ação, seja ela qual for, mas que você sabe que não te faz bem. Podem ser objetos, pessoas… enfim, tudo que facilita.

O terceiro passo é vigiarobservar seus sentimentos. Isso porque nós sabemos que toda ação gera uma reação, então, fique em alerta, não deixe que seus sentimentos controlem suas ações! O estresse, por exemplo, pode agir negativamente em diversas áreas de nossas vidas – e causando todo o tipo de mau hábito. Vigiar é importante, porque dando esse passo, nos tornamos mais conscientes daquilo que estamos fazendo.

A perseverança é importante e pode mudar tudo:

Depois de ter observado tudo isso, chegou a hora de colocarmos em prática, algo de muita importância, a perseverança. Porque, mudar um mau hábito, pode ser muito difícil e os resultados podem não ser completamente aparentes no primeiro momento, mas o importante é decidir mudar e perseverar nisso. Construir uma nova rotina, um novo ambiente e não desistir desse novo rumo. “Mude de pele”, saia da zona de conforto, quando você pensar que não vale a pena, ou “pra quê fazer isso”, use a sua vontade de superar e eu garanto que tudo pode mudar.

Porque, isso afinal de contas, é o melhor que podemos fazer por nós mesmos não é verdade? Seja o que for, por mais simples ou complexo, há chance de mudar, de viver e conviver melhor! Pense nisso.

Me conte, o que você achou desse texto? Fique a vontade para dividir comigo suas experiências, suas dúvidas, sugestões, ou até mesmo sua opinião sobre o assunto! Você é sempre bem-vindo. Compartilhe esse texto com outras pessoas, e não se esqueça de entrar em contato comigo, via Twitter @blogsrtadeise ou clicando na aba “sobre”.

Um grande beijo, e obrigada pela atenção!

Escolhas

photo-1424896041628-083a222840f6

Pagar o preço não é fácil.

Quando você faz uma escolha, não tem jeito, você abre mão de muitas outras coisas. Alguns irão entender – irão te apoiar, ajudar, aconselhar. Irão te acompanhar nesse caminho, torcer por você. Já outros farão exatamente o oposto!

Mas isso faz parte da vida. É nesse momento que você se descobre, você passa a conhecer a sua força e suas fraquezas. É nessa hora que as experiências contam no processo de amadurecimento e tudo vai mudando, digo tudo, mas cada coisa a seu tempo.

Não é fácil, mas faz parte da vida, você precisa estar preparado para fazer sacrifícios, fazer renúncias, ter fé, paciência e ser firme.

Lembre-se também de que ninguém está livre das consequências, ninguém. Seja o que for, não importa o que você tenha feito ou deixado de fazer, cedo ou tarde, sendo bom ou ruim, as consequências chegam e você precisará lidar com cada uma delas.

Escolher sempre fará parte do seu cotidiano, mesmo sem perceber, a qualquer momento, em qualquer lugar, sob diferentes circunstâncias, as opções estarão lá, elas se apresentarão e é você quem tem que resolver – o que fazer, o que falar, qual caminho tomar… está em suas mãos.

Finalização BEDA United Blogs

#19