Falando sobre Estilo: Andressa Almeida

Determinada, amiga, organizada. Conheci a querida Andressa Almeida, através de um projeto que tinha uma proposta linda, inovadora e interessante. Trocamos e-mails por alguns meses, e ela me ajudou muito! Inclusive, ela foi a pessoa que me ensinou a lidar com o WordPress pela primeira vez! Com toda paciência e dedicação, ela respondia minhas dúvidas, e sempre que precisei, ela me atendeu com todo carinho! Obrigada!

Desde então, mantemos contato via redes sociais, e eu pude perceber que além de linda por fora, ela também é linda por dentro! Agora ela se juntou ao time das blogueiras – yay! – com o maravilhoso “Ei, Bonitta” – um site dedicado ao universo feminino, com conteúdo diverso, interessante e linda fotografia, peço a vocês que conheçam o trabalho que ela realiza, vale muito a pena!

Vamos conferir a entrevista dela? Está um arraso!

Andressa-Almeida
Andressa Almeida, foto por @lensttudio.

1. Quando tratamos de moda e estilo, o que é ter atitude na sua opinião?

Para mim, ter atitude é usar a moda em seu favor e não ser escrava dela. Nem tudo que está na moda eu uso. Por exemplo: se gosto de uma tendência mas ela é ousada demais, faço com que ela se adapte ao meu estilo, assim não perco minha personalidade. Mas se tem algo que está super em alta e eu não me identifico não uso de jeito nenhum.

2. Como você analisa o seu modo de vestir?

Sou bastante adepta de peças confortáveis, vou do tênis ao salto alto, da saia midi ao jeans básico. Meu estilo foi mudando bastante ao longo dos anos, eu usava peças bastante formais, algumas com informação demais… o que me forçava a ter várias e várias peças no armário para criar combinações. Quando me aprofundei mais sobre o assunto da moda consciente, pude perceber que não tinha necessidade de tantas peças assim. Hoje estou num pensamento de que menos é mais. Peças mais neutras. Sou muito fã do estilo minimalista, e tenho aos poucos introduzido isso ao meu modo de vestir e também ao meu estilo de vida.

01
Fã Page: Ei Bonitta | Foto por: @lensttudio

3. Você possui um blog incrível, o eibonitta.com.br, como surgiu essa ideia? Você poderia contar como é ter um blog que fala sobre moda e tudo que envolve o universo feminino?

Bom, a idéia surgiu na verdade do meu marido (risos)! Eu sempre gostei de moda e tendência, desde muito novinha, mas nunca me imaginei tão envolvida assim nesse universo da blogosfera. A idéia partiu inicialmente dele, e então coloquei em prática, e tem sido muito bom! Sobre o Instagram, os looks são postados lá semanalmente, sempre elaboro as combinações no início do mês, provo as peças antes de postar, para ter certeza que ficará tudo certinho, e sobre o feed, ele é organizado sem que pareça que é. Posto fotos de fundo semelhantes e que tenham imagens que combinem entre si. Já tive o feed clean, isso foi bem no comecinho e, atualmente estou no estilo grey (risos), ou seja, fundo cinza na maioria das fotos, mas sem perder a harmonia. Dá trabalho o feed organizado, mas eu AMO!

02
Pinterest: blogeibonitta  | Foto por: @lensttudio

4. Quais são os produtos de beleza que você mais usa e recomenda?

Os mais básicos são três: Hidratante, máscara de cílios e batom líquido matte de preferência!

3
Site: eibonitta.com.br

5. Quais são as cinco músicas mais tocadas no seu celular?

Bem, no momento não tenho ouvido muitas músicas, (risos) preciso me atualizar amiga.

6. Uma música da sua infância que ainda significa muito para você:

As músicas do Grupo Logos, uma banda evangélica que eu ouvia muito quando era criança, por causa dos meus pais, até hoje as músicas deles me tocam muito.

7. Uma citação que inspira a sua vida:

“Tudo posso naquele que me fortalece.” (Filipenses 4:13)

4
Twitter: @EiBonitta 

8. Quais são, na sua opinião, as três qualidades indispensáveis em um ser humano?

Caráter, respeito e equilíbrio.

9. O que te impressiona?

Um coração generoso.

10. Qual é o seu maior desejo?

São tantos (risos), mas vou citar um: Ter um cachorro, amo animais!

5
Instagram: @eibonitta | Foto por @lensttudio

Ai que saudade do #FalandoSobreEstilo, amo demais! ❤

Querida Andressa, muito obrigada por aceitar o convite! Muito obrigada por dividir aqui com os leitores do meu blog, o que você pensa, o que você gosta, o que faz parte do seu estilo – E SIM, superou as expectativas! Você foi super bem!

Um grande beijo para você, e sucesso! Que você continue conquistando, crescendo e fazendo esse trabalho lindo e inspirador! Amigos, as redes sociais da Andressa estão em todas as legendas das fotos, é só clicar 🙂

Um beijo também, para você que acompanhou essa postagem até aqui! Se essa é a sua primeira vez no #BlogSenhoritaDeise, saiba que aqui tem muita coisa legal, conteúdo preparado com muito carinho, fique comigo!

Até a próxima!

@blogsrtadeise | Instagram: @blogsenhoritadeise.

margarida desenho-Transp

Olhar Além

eye_of_galaxy_by_klarem-d99l5nn
Arte por Clarae

Olhar: mirar, fitar. Observar atentamente, examinar, sondar. Avaliar, considerar. Prestar atenção, ponderar. Tomar conta, cuidar de. Reputar, julgar. Estar voltado para. Ação de olhar. Aspecto dos olhos, modo de olhar. Forma de interpretar.

Além: da parte de lá, para o lado de lá, acolá. Mais à frente, mais adiante. Em lugar longe ou bem longe. Para fora; afora. – Alguns significados fornecidos pelo Google.

Desde pequeno, a essência natural do ser humano, é se deixar guiar por aquilo que se vê, se deixar guiar por aquilo que é palpável – naturalmente, desejamos caminhar, desejamos conquistar cada vez mais a independência, a capacidade de escolher, de saber para onde estamos indo, enfim, para podermos exercitar funções práticas da vida.

Sendo assim, ao longo dos anos, fica cada vez mais difícil o desprendimento daquilo que nossos olhos veem. Infelizmente, começamos a depender das situações “visíveis”, nos tornamos meros reféns de situações, parece não ter jeito, a “luz no fim do túnel” não aparece, pensamos que vai sempre ser assim, pensamos ter chegado no fim.

Nos apoiamos em questões materiais, em pessoas (ídolos, dependemos de aprovação constante, modismos, não conseguimos avançar sem pedir conselhos, nos importamos demais com o que falam, pensam e etc) sentimentos, momentos… sim, nossa visão terrena, atrapalha demais.

Quem se apega apenas a esse tipo de visão, fica limitado. Essa pessoa tem apenas a experiência da “matéria finita”. 

Mas, quando se conhece a Deus – de maneira sincera e verdadeira, você se desliga de tudo isso, e passa a entender que caminhar com Ele é diferente. Você precisa olhar além, você precisa enxergar as coisas com o olhar do céu – olhamos da perspectiva de cima para baixo, do céu para a Terra e não o contrário!

Enxergamos além daquilo que é temporário, valorizamos o que realmente importa, baseamos nossas vidas, atitudes, objetivos, relacionamentos e tudo mais que precisarmos, na fé. Isso mesmo, a fé, a certeza que nos une a Jesus, e essa união – esse elo forte, nos justifica diante do Pai, nos torna mais fortes, confiantes e preparados – dependentes de Deus.

Olhar além, significa ver grandes oportunidades de antemão. É ter discernimento, saber o que nos serve ou não. É saber que tudo passa – momentos bons e ruins. É perdoar. Conseguir visualizar os próprios erros e corrigi-los. Você conhece o seu valor, e respeita o próximo, o compreende melhor porque você sabe que ele também o possui.

Olhar além, é possuir a capacidade de decidir com a razão, possuir clareza, saber onde se quer chegar.

Olhar além é ser guiado por Deus! 🙏🏽

Diga-me, vale a pena olhar além do que os olhos veem?

Clique e ouça, “To Know You” de Casting Crowns.

margarida desenho-Transp

Música: Álbum “Harry Styles”

Harry-Styles-Album
Capa super conceitual, “Harry Styles”.

Sim, eu amei tanto o álbum solo do Harry Styles, 1/4 da boyband One Direction, que eu tive que correr aqui no blog e contar para vocês as minhas favoritas e dar o meu parecer sobre as dez faixas que compõem seu self-titled lançado no último dia 12 de maio.

(🇺🇸) Yes, I loved Harry Styles’ self-titled album so much, that I had to write about it on my blog and share with you all, my favorites among the ten tracks that are available in every music plataform since may 12th.

Esse álbum fala ao coração por ser extremamente pessoal. Podemos perceber a cada palavra, cada instrumento tocado, cada elemento do álbum, que aquilo era exatamente o que ele sentia, a história que ele queria contar para qualquer um que se propusesse a escutá-lo. Com esse álbum, temos a certeza de que, a fase 1D se foi, e o que permaneceu foi a sua identidade, a visão individual: seu som, seus próprios sentimentos, a vulnerabilidade. Não é à toa que o vemos “enxugar suas lágrimas” na capa do álbum – que eu achei simples, porém sensacional!

(🇺🇸) This album speaks to the heart for being extremely personal. We can tell that every word, every instrument played and every element was exactly what he felt, the story he wanted to tell to whoever listens to it. With this album, we are sure that the 1D phase has gone, and what remained was Harry’s individual vision, his own identity: the sound, his own feelings = vulnerability. No wonder we see him “wipe his tears” on the cover of the album – which I found simple yet sensational!

Outro destaque: a disponibilização das faixas! Flui naturalmente, todas as peças se encaixam e fica fácil de ouvir sem precisar dar aquele skip (ou “pulada de faixa”) – em dez faixas ele se apresenta de maneira franca, vocais bem postos, melodias cativantes (até mesmo aquelas mais do rock) e letras profundas. Com certeza ele já conquistou seu espaço na indústria musical. Aqui, ele evita o tão óbvio e mostra a que veio!

(🇺🇸) Another highlight: the tracklist placement! It flows naturally, it’s like all the pieces fit together and it’s easy to hear without having to give that skip – in ten tracks, he presents himself candidly, vocals well set, catchy melodies (even those more rockish) and deep lyrics. Certainly he has already won his place in the music industry. Here, he avoids the “oh so obvious” and shows why he’s here!

“You can’t bribe the door on your way to the sky,” / “Você não pode subornar a porta em seu caminho para o céu”, Sign Of The Times

Vamos às favoritas!

(🇺🇸) Let’s enjoy my favorites 🙂

1. Woman

2. Ever Since New York

3. Meet Me In The Hallway

4. Two Ghosts

5. From The Dinning Table

Tracklist:

Harry-Styles-Album

Espero que vocês tenham gostado! Para ouvir o álbum completo, é só pesquisar no seu app de streaming favorito “Harry Styles”, ou conferir os uploads na conta oficial do YouTube e dar o play! Para conferir outras resenhas, playlists e muito mais, clique na aba “Música” logo ali acima 🙂 deixe seu comentário sobre o que achou das músicas ok?

Beijos, até a próxima!

(🇺🇸) I hope you enjoyed! To listen to the full album, just search in your favorite streaming app “Harry Styles”, or check out the uploads on his official YouTube account and play! To check other reviews, playlists and more, click on the “Music” tab right above 🙂 Don’t forget to tell me what you think about the songs, okay?

XO, see you next time! 

@blogsrtadeise | Instagram: @blogsenhoritadeise

margarida desenho-Transp

Como Usar: Business Casual

Margarita Maslova
Margarita Maslova

Business Casual é o tema de hoje na série Favoritos do Lookbook. Business Casual é o termo usado para descrever um método mais “informal de se vestir” no trabalho. Sim, pode-se dizer que é uma mistura do estilo corporativo + aquelas roupas que te deixam mais à vontade, sem esquecer do ambiente em volta 😉

Essa postagem será direcionada às mulheres, por isso, vamos contar aqui o que é válido, mostrar algumas opções de looks para inspiração – e antes de qualquer tentativa, procure saber a política da sua empresa e então seja livre para arrasar! Vamos nessa?

Tamara Putri
Tamara Putri

Cee F. 2
Cee F.

Roupas mais soltinhas, não significam perda da feminilidade. Na verdade, em um ambiente de trabalho, essas roupas “são mais aceitáveis” do que aquelas mais curtas, que mostrem muita pele ou mais apertadas.

Beauty Mark Lady
Beauty Mark Lady

Um look que eu super usaria 🙂 amei o toque de cor que o casaquinho deu – sim, aquele que você usa aos fins de semana com uma boa calça jeans ou legging! Tanto o colete quanto o salto alto não tiraram aquela essência do look executivo. Por isso, arrisque na mescla de peças.

Pam Hetlinger
Pam Hetlinger

Lena
Lena

Day Ji
Day Ji

Justyna Lis 2
Justyna Lis

Aproveite a variedade de blusas/camisas! Nós, mulheres, temos infinitas vantagens (mais até do que os homens, certo?) camisas lisas, camisas de algodão, blusas de malha, blusas de gola alta, coletes e camisas sem manga… todas excelentes possibilidades. Visual mais formal, use gola. Visual mais descontraído, sem gola. Por dentro, por fora… fica a seu critério 🙂

Daisyline
Daisyline .

Cee F. 3

Cee F.
Cee F.

Lindas opções de saias mais soltinhas, no estilo ladylike, estilo mais formal, e essa com alguns bordados. Na hora de usar saia evite aquelas com fendas exageradas, justas demais e acima do joelho.

Monika Tremski
Monika Tremski

Beauty Mark Lady 2
Beauty Mark Lady

Processed with Moldiv
Jojo Villagonzalo

Para compor o look, é legal uma bolsa simples, alguns anéis e um bom colar. Para dias mais frios, cardigãs, terninhos, blazers também são uma excelente pedida. Cor cáqui, veludo, e mescla de social + descontraído são a receita perfeita para um business casual bem sucedido!

Queridas leitoras, espero que vocês tenham gostado! Espero também ter a oportunidade de esclarecer qualquer tipo de dúvida – é só deixar seu comentário. Lembrando que essas imagens são apenas algumas dicas com o objetivo de inspirar 🙂 e que você deve conhecer bastante o seu local de trabalho e observar como seus colegas se vestem para que você possa se adequar e se destacar de maneira positiva!

Crédito das fotos está no nome das fashion bloggers, e todas as imagens foram retiradas do site lookbook.nu! Um grande beijo para todas, e continuem navegando por aqui!

Um viva à 100ª postagem do #BlogSenhoritaDeise!

margarida desenho-Transp

Opiniões, opiniões, opiniões

Inevitável. Se você lida com redes sociais, uma hora ou outra você irá dar de cara com alguém que ama divergir e dar aquela opinião (mesmo quando não foi pedida). Sabe, aquele momento bem desagradável em que ou você escreve um textão, ou lê um textão? Pois é, hoje eu quero muito conversar sobre isso com vocês!

kaboompics.com_Closeup of Apple Macbook keyboard

Sim, meus amigos, as redes sociais não são apenas uma vitrine de fotos, memes engraçados, informações que vêm do mundo inteiro a cada minuto, desabafos pessoais ou uma simples “rede de amigos reais/virtuais” – elas também servem como um grande campo de batalha.

Cada um tem sua opinião e a sua forma de enxergar a vida.

6+3=9 mas o mesmo acontece com o 5+4=9. O jeito que você faz as coisas, nem sempre é a única forma de fazer isso. Respeite a maneira de pensar das outras pessoas.

Eu gosto de pessoas que têm opinião própria, e mais do que isso, amo aquelas que sabem respeitar a opinião dos outros. Não sei se vocês conseguem perceber isso, mas sempre que acontece alguma discussão na mídia, acontecimentos de grande destaque, uma nova moda ou simples desafios de usar ou não maquiagem, várias pessoas resolvem escrever textos gigantes nas redes sociais dizendo o quanto aquilo é errado, ou o quanto aquilo é certo. Bem, todos temos o direito de nos expressar, mas até onde vai esse direito? Será que vale a pena constranger alguém que não compartilha o mesmo ponto de vista que você? Será que vale a pena ofender a pessoa?

Não tenho nada contra debates, no colégio eu nunca fugi de um, e eu até gostava desse tipo de dinâmica na sala de aula. Isso acrescentava no conteúdo apresentado pelo professor, e algumas vezes, eu tive que reconsiderar e isso foi bom! Ninguém é o “dono da verdade”. Mas se tinha uma coisa que me deixava realmente chateada, era quando algum colega meu começava a ofender, a baixar o nível gritando, e a discussão se estendia por horas, incluindo até assuntos pessoais que não tinham nada a ver.

Saiba que:
1. Você não vai conseguir mudar NINGUÉM no grito.
2. Arrogância cega, te impede de criar novos relacionamentos e de ampliar o seu conhecimento.
3. Se os outros fazem, você não precisa fazer igual. Sabe essa história de “modinha”? Se você não gosta, não entre na brincadeira – simples assim!
4. Construa a sua própria identidade: se alguém criticou aquilo ou falou super bem de uma outra coisa, PENSE. Pense, e tire a sua própria conclusão. Não se torne marionete.
5. Um pensamento mal colocado, pode te trazer consequências não muito agradáveis.
6. Não seja influenciável.

Sabedoria é a palavra. Seja sábio, seja persuasivo! Quer fazer alguém acreditar na sua ideia? Faça isso de forma educada, sabendo se comunicar. Tenha um argumento que seja válido, e que não precise ferir o próximo. Os seres humanos estão ficando extremamente críticos, e isso vem trazendo a frieza e o afastamento. É uma raridade ver alguém expressar um pensamento com sutileza.

Todos têm o direito de expressar sua opinião, desde que ela seja solicitada. Vemos pessoas afoitas, com uma necessidade urgente de sair falando tudo o que pensa quando ninguém está pedindo. Que coisa feia! É por isso que surgem tantas inimizades e desgastes. Existe um ditado popular que quem fala o que quer ouve o que não quer, e isso é a mais pura realidade! Por mais que você esteja com pessoas que lhe deem liberdade, use-a com responsabilidade e entendimento. Há momentos em que eu até poderia dar uma opinião, mas prefiro me abster. Penso que não é porque somos amigos que podemos dizer e entrar em tudo, senão corremos o risco de nos tornarmos inconvenientes. – Núbia Siqueira

Saiba também que:
1. Nem tudo que vem a sua mente deve ser dito.
2. Nem sempre precisamos atender a todas as brigas que nos convidam a participar.
3. Nem sempre precisamos nos defender ou nos explicar.
4. Liberdade de expressão não é bagunça.
5. Não se deve falar sobre um assunto que você não domina, ou ainda não entende completamente.
6. Rótulos e julgamentos não te levam a lugar algum.

Eu amo ter um blog, porque nele, eu posso escrever o que eu quiser, quando eu quiser e como eu quiser. Mas faço isso, sem agredir ninguém e sabendo que se alguém não gostar do que foi escrito aqui, essa pessoa poderá se manifestar, que eu não irei censurá-la por isso. A mensagem que eu quero passar aqui é: respeite a maneira de pensar do seu próximo.

“Que a sua opinião seja pautada em realidades sólidas e conhecidas profundamente de quem enxerga o mundo pelos seus próprios olhos e não pela miopia de alguns olhos alheios.” – Núbia Siqueira

É importante conversar, tentar entender, ou querer que o outro compartilhe do mesmo pensamento – uma possível tentativa de trazer aquela pessoa para “o seu lado”. Sim, é excelente debater de uma forma sadia – quando acontece assim, não há problema algum! Acredito que o ser humano amplia sua visão, adquire mais sabedoria quando decide tentar, quando decide expor o que pensa.

Só tenha cuidado! Não permita a entrada da ignorância, intolerância, orgulho. Não entre no jogo de ofensas, quebra de amizades e aborrecimentos que duram dias, semanas, meses, anos! Cuidado com a forma que você reage, realmente, nem todos irão concordar, aceitar, ou enxergar da forma como você vê. Evite discussões acaloradas, viu que está começando a sair do controle? Acabe por aí mesmo.

Persuasão, paciência, respeito e compreensão. Saber a hora de falar, ouvir o outro lado – chaves indispensáveis para dialogar, argumentar e crescer!

Vamos lá, convido você leitor, a participar comigo! O que mais você acrescentaria aqui? Ou, no que você concorda? No que você discorda? Como você é num debate? Tem alguma experiência, testemunho, exemplo para contar? Enfim, fique à vontade! Esse espaço é livre!

Beijos!

       @SenhoritaDeise | @blogsrtadeise | @blogsenhoritadeise.

margarida desenho-Transp

Dicas para viver melhor

photo-1458014854819-1a40aa70211c

Olá Maio, que mês lindo, seja bem-vindo! 🙂

Eu quero contar para quem estiver presente, umas dicas que eu peguei com uma pessoa no Snapchat – sim, no snap galera (pesquisando bem, existem perfis que acrescentam de alguma forma). Meses atrás, numa madrugada, eu estava lá, vendo alguns vídeos antes de dormir e, essas palavras chamaram a minha atenção. Peguei uma caneta, um caderno e fui anotando de maneira feroz.

Eu ficava “indo e voltando” (porque na época, não tinha essa opção de pausar ou voltar) para copiar no meu caderninho as lições (de forma resumida), para pegar a essência. Não porque eu nunca tivesse aprendido, ou ouvido falar sobre o que será postado logo abaixo, mas porquê eu sempre achei que teria a oportunidade de passar isso adiante, e eu amo ter meu caderno cheio de coisas boas, aprendizado, colecionar memórias.

Vamos ler então?

1.Não se preocupe com o que os outros estão fazendo, desconheça a inveja.

2. Agradeça pela sua vida, a felicidade depende de cada um.

3. Vigie o seu pensamento, vigie a maneira como você enxerga as coisas, o tempo inteiro.

4. Pare de falar sobre assuntos que não agregam.

5. Se dê o devido valor, não foque apenas em problemas, existe algo além disso, tire algo bom dessa experiência, veja o lado positivo das coisascomo por exemplo, o crescimento pessoal que você pode ter durante esse período.

6. Não tenha “dó” de si mesmo, seja bem resolvido.

separador500_zpsgnivmeqc

7. Desconheça o ódio, desconheça a raiva, ame mais.

8. Não use ninguém para se promover.

9. Não perca energia, foque na sua vida e tudo vai fluir – não fique de olho no que pertence aos outros.

10. Peça e agradeça.

11. Pense além, não fale daquilo que te faz mal. Mentalize o que você quer e corra atrás.

12. Tenha luz própria! Por mais que tentem e falem, ninguém poderá tirar isso de você! Acredite em si mesmo.

Essas palavras são da Gabriela Pugliesi 🙂 Dê seu feedback, conte se você gostou, se não gostou, se concorda ou não concorda – vamos conversar! Um grande beijo, fiquem ligadinhos aqui no blog e no Instagram que tem sempre uma novidade legal!

separador margaridas